O que é construção racionalizada?

Saiba como economizar a partir de 30% em sua obra!

Por Ricardo França 21/03/2021 - 19:40 hs
Foto: Arqweb
O que é construção racionalizada?
Saiba como economizar a partir de 30% em sua obra!

Como economizar na sua construção a partir de 30%, ainda mais em tempos de materiais de construção com preços nas alturas?

Isso é possível, sem mágicas! Destacaremos em mais esse artigo especial no portal da Arqweb como você pode economizar na construção da sua casa nova, planejando sua obra de forma racionalizada.

 

Diante desse cenário, Ricardo França, sócio do Portal Arqweb Rede de Fornecedores, que também está em fase de projeto e planejando a execução de uma nova casa, tem pesquisado muito sobre como otimizar a sua obra e foi ai que se deparou com o termo “construção racionalizada” e constatou que não é algo novo no setor da construção civil, apenas pouco aplicado nas obras residenciais.

 

Mas afinal, o que é construção racionalizada?

A construção racionalizada é construir de forma otimizada, com melhor qualidade e de forma mais rápida e econômica!

Opa! Simples assim?

Mais ou menos, pois infelizmente, por uma questão cultural, implantar uma construção racionalizada passará principalmente pelos profissionais da construção civil e que devem ter a mente aberta, buscar capacitação, e assim realizar aquele trabalho que executam a décadas, de uma forma diferente, mas com um resultado melhor, além de mais praticidade para quem executa e maior economia para quem constrói.

Ai que está a dificuldade maior, na opinião de Ricardo França.

A construção racionalizada também depende da disponibilidade de materiais e equipamentos na sua região.

A melhor definição que encontramos em nossa pesquisa sobre construção racionalizada, nada mais é que construir de forma planejada, com materiais de alta qualidade, utilizando-se de ferramentas que agilizem a execução do trabalho e que proporcionem também melhor qualidade no ambiente e para os trabalhadores da obra.

Mas isso não seria mais caro?

Não, pois um dos preceitos da construção racionalizada é evitar o descarte indevido dos materiais de construção da sua obra, despejados em caçambas de entulhos, pois além do custo da locação da caçamba, que está hoje em torno de R$ 300,00, França arrisca o palpite de que, o que é despejado na caçamba, custa adicionalmente o dobro disso e facilmente chegamos quase aos R$ 1.000,00 por caçamba com entulho que é descartada.

Na visita da Arqweb nas obras, constatamos que numa construção média de 250 m² é descartado em média 20 a 30 caçambas. Pasmem: em alguns casos esse número é maior.