Atenção para o Ar Condicionado

Ar-Condicionado pode esconder um grande mal

Por Renata Mascarenhas 28/04/2020 - 07:30 hs
Foto: freepik
Atenção para o Ar Condicionado
Atenção para o Ar Condicionado

A falta de higienização do ar condicionado dos ambientes da sua casa, pode proliferar fungos, ácaros e bactérias. O que fazer?

 

Essa é a melhor época para conscientizar que essa limpeza é fundamental.

Assim a Arqweb procurou especialistas para falar desse assunto que causa sérios problemas respiratórios, principalmente em crianças e idosos.

 

Segundo o médico otorrinolaringologista Salvador do Carmo Rodrigues, a recomendação é que seja feita a manutenção da limpeza do ar condicionado dos carros, nos escritórios e, principalmente, em casa.

"Se você não faz a troca do filtro, pode acumular poeira do meio externo, ácaros, vírus, bactérias e fungos. Consequentemente, podem ocorrer doenças respiratórias”, e conclui com algumas das patologias mais comuns:

 

Ressecamento do muco pulmonar - A mucosa nasal é revestida por cílios vibrantes, responsáveis por expulsar bactérias, fungos e vírus que entram no organismo pelo ar respirado. Como há o ressecamento da região, a chance de contrair infecções aumenta.

 

Doença do Legionário - Essa doença é ocasionada por uma bactéria (Legionella pneumophila), que pode se alocar nos dutos e filtros de equipamentos de ar condicionado mal higienizados. “A exposição a essas bactérias leva a um quadro respiratório de pneumonia grave. O diagnóstico precoce permite terapia antimicrobiana específica, reduzindo a gravidade e complicações do quadro”.

 

Asma - As alergias respiratórias, como a asma, são doenças inflamatórias crônicas que acometem as vias respiratórias. A doença se manifesta clinicamente por crises de falta de ar ou cansaço, chiado no peito e sensação de aperto no peito, geralmente acompanhadas de tosse. O médico alerta que cerca de 80% dos pacientes que têm asma apresentam também rinite.

 

Rinite alérgica - A rinite alérgica é uma infecção que ocorre na membrana nasal. É caracterizada por espirros repetidos, coriza líquida e abundante, olhos lacrimejantes, coceira (em nariz, olhos, garganta e ouvidos), congestão nasal, alteração do olfato e do paladar, olhos avermelhados e irritados.

 

Mas por que esse é o melhor período?

 

O fato de estarmos em período de proliferação de vírus, recomenda-se a limpeza do ar condicionado a cada 15 dias. E uma limpeza geral e mais criteriosa deve ser realizada por profissional autorizado, onde irá desmontar, lavar e será aplicado bactericida. Isso deve ser feito anualmente, como recomenda os fabricantes.

Ar Condicionado sem limpeza

 

Segundo Rudney Ribeiro, diretor da ACP – Ar Condicionado, “no interior do ar-condicionado acontece um acumulo de poeira, ácaros, bactérias e fungos, além disso o equipamento sujo consome mais energia e tem reduzida sua vida útil,”, e complementa “Economizar na higienização hoje é gastar o dobro amanhã, seja com a saúde do usuário ou com a manutenção corretiva do Ar Condicionado.”

Ar Condicionado com limpeza

 

ACP – Ar Condicionado é empresa autorizada e possui uma equipe de profissionais qualificados para manutenção do seu aparelho, e é fornecedor da Arqweb.

https://www.arqweb.com.br/empresa/94/acp-ar-condicionado.html

 

Fonte pesquisa: G1 região